Filiação
Contatos

Últimas publicações

Mobilização para a GREVE – 11 de abril

Em reunião desta quarta-feira (10), o Setor das Instituições Federais de Ensino encaminhou pela deflagração de greve docente federal a partir de 15 de abril. A decisão é resultado dos debates realizados nas assembleias das seções sindicais. No dia 19 de março, a Assembleia Geral dos docentes da UNIR também aprovou a greve. Não vamos iniciar o semestre letivo! Não aceitamos 0% de reajuste para 2024! Paramos para exigir do Governo Federal a recomposição das perdas salariais, reestruturação da carreira, equiparação de benefícios, revogação de medidas contra os direitos dos servidores públicos, por mais verbas para a educação pública superior, etc.

Leia mais…
Campanha Salarial: Mesa Central naufraga e greve começa na segunda-feira, 15/04

A oitava rodada de negociação entre servidores(as) e governo, nesta quarta-feira (10), naufragou. Indiferentes à pressão e ignorando o recado dado pelas bases que foram decisivas na vitória de Lula sobre Bolsonaro, a equipe econômica de Fernando Haddad e Esther Dweck obedeceu à cartilha neoliberal da elite financeira e manteve o reajuste zero em 2024. Mais grave, condicionou até mesmo os indicativos de reajustes para os próximos dois anos ao aceite de um acordo indecoroso, repleto de restrições de direitos.

Leia mais…
Comando de greve se reúne com Comissão de Interlocução da Reitoria

Os Comandos de Greve (Sintunir, representado pelo seu presidente, técnico-administrativo Charles Costa, ADUNIR, representada pela presidente, Marilsa Miranda, e pelo diretor, Valdir Aparecido, e o professor Marcus Fiori, representando o Comando de Greve), se reuniu na manhã desta quarta-feira (10) com a Comissão de Interlocução com o Movimento Grevista, representado pelos pró-reitores, Daniel Delani (PROCEA), Ana Luiza Pante (PRAD), Jadiael Rodrigues (DAPA) e Mara Centeno (Diretora PROCEA). Em comum acordo, a Comissão Institucional e os comandos de greve decidiram pelo cancelamento da Semana de Acolhimento aos Calouros, evento que estava programado para acontecer a partir do dia 11 de abril.

Leia mais…
Nota Técnica da AJN do ANDES-SN: Exercício do Direito de Greve – Docentes em estágio probatório, Substitutos e Visitantes – Análise Jurídica

Disponibilizamos para conhecimento a Nota Técnica elaborada pela
Assessoria Jurídica Nacional do ANDES-SN acerca da possibilidade de a(o)s
professora(e)s em estágio probatório, substituta(o)s e visitantes exercerem o direito de
greve.

Fonte: ANDES-SN

Comunicados

1

CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA DA ADUNIR

A Associação dos Docentes da Universidade Federal de Rondônia – ADUNIR-SSIND – Seção Sindical do ANDES-SN, convoca os docentes associados e convida a todos os docentes interessados na pauta abaixo, para uma Assembleia Geral no dia *29 de agosto de 2022 (segunda-feira) às 16h (primeira chamada) e 16h30min (segunda chamada)* A Assembleia Geral será realizada de forma mista: Presencial,  no auditório da UNIR-Centro e on-line, pelo Google Meet no seguinte Link:  meet.google.com/qfj-jaju-hkn 

Leia mais…
2

NOTA DA ADUNIR: REITORA VETA PARECER DA CLN E NEGA PROGRESSÕES FUNCIONAIS AOS DOCENTES DA UNIR

A Associação dos Docentes da Universidade Federal de Rondônia UNIR – ADUNIR-SSIND, seção sindical do ANDES-SN, vem a público esclarecer sobre as questões relativas ao processo de revisão e concessão das progressões funcionais dos docentes da UNIR e as tratativas desse sindicato com a Reitoria da UNIR no sentido de garantir esse direito assegurado na legislação brasileira.

Leia mais…
3

INFORMES SOBRE AS PROGRESSÕES FUNCIONAIS DOS PROFESSORES DA UNIR

A Associação dos Docentes da Universidade Federal de Rondônia UNIR – ADUNIR-SSIND, seção sindical do ANDES-SN, vem a público esclarecer sobre as questões relativas ao processo de revisão e concessão das progressões funcionais dos docentes da UNIR. Desde março de 2022, o sindicato vem tentando estabelecer um diálogo com a Reitora Marcele Pereira no sentido de solucionar o grave erro que vem sendo cometido pela UNIR no trato da concessão do legítimo e consagrado direito dos docentes às suas progressões funcionais.

Leia mais…
4

NOTA DE REPÚDIO DA ADUNIR CONTRA O ASSÉDIO NO CAMPUS DE PORTO VELHO

No dia último dia 20 de outubro de 2022, amanhecemos com uma triste denúncia de que um professor, chefe de departamento, havia sofrido assédio pela administração da UNIR em razão de ter reclamado da situação da infraestrutura do campus de Porto Velho, no momento em que, mais uma vez, as aulas do campus estariam suspensas, primeiro por falta de energia elétrica, agora por falta de água. 

Leia mais…